quarta-feira, 31 de março de 2010

Kipling no Valor Econômico

Olá VIKs,

hoje o papo é de gente grande!

É que numa entrevista exclusiva para o jornal Valor Econômico, Jessica Bornstein, a Gerente de Marketing da Kipling no Brasil abriu o jogo e falou tudo sobre a estratégia da marca para 2010.
É o caso dos novos tecidos que agora fazem parte das coleções, como o algodão e o poliéster, que dão um ar mais "fashion e refinado" para as bolsas. Segundo ela, a Kipling pretende, cada vez mais, "investir em estampas e materiais para alcançar outros perfis também". Ou seja, aguarde modelos cada vez mais hypados e diversificados pra você fazer a festa!!!

O motivo de tanto entusiasmo é simples. O mercado brasileiro é o terceiro maior para a companhia. São 34 lojas da marca e 900 multimarcas espalhadas por todo o país. E a intensão é inaugurar mais 3 até 2011. Pode?

E se vc gostou da coleção desenvolvida pela estilista Gloria Coelho em 2008, prepare-se!!! A estratégia de conquistar mais consumidores inclui investir cada vez mais em parcerias com o mundo da moda. Até o macaquinho virá cada vez mais estilizado, como já vem acontecendo nas últimas coleções.

Gostaram das novidades? Então aguardem, garotas, que esse ano o macaco vai bombar!!!

1 Comment:

fernanda.torige said...

Olá! Desculpe incomodar, mas eu estou fazendo um trabalho de pesquisa para a faculdade sobre a linha de couro das bolsas Kipling.
E estou a procura de voluntários para responder um pequeno questionário (não é necessário ter comprado uma bolsa da linha couro, o que importa é ser cliente da marca). Ele não possui nenhuma pergunta referente a dados pessoais.
Eu tentei enviar para as pessoas da comunidade da Kipling mas não obtive sucesso, pois o orkut interpreta a mensagem como Spam.
Será que você poderia me ajudar a encontrar voluntários?

Obrigada pela atenção.